Ano Letivo

Notícias

Vivência do Dia Mundial dos Pobres no CSJB


Em novembro de 2016, por ocasião da conclusão do ano da Misericórdia, o Papa Francisco instituiu o dia Mundial dos Pobres. Desta forma, chamou todos os cristãos a não fechar os olhos nem o coração aos pobres e às situações de pobreza que os rodeiam, uma vez que “não poderá haver justiça nem paz social enquanto Lázaro jazer à porta da nossa casa”. Este ano, o dia foi celebrado pela Igreja no domingo, dia 19 de novembro, mas nos três colégios da Companhia de Jesus celebrou-se na sexta-feira, dia 17 de outubro, para melhor envolver toda a comunidade educativa.

Logo a partir das 8 horas da manhã, alunos e pais foram interpelados por numerosas instalações de cartão, panos, bonecos e outros objetos, que alertavam para a realidade da pobreza em Portugal e no mundo, e que haviam sido expostas junto ao portão exterior do Colégio e às várias entradas.

Pobres1.jpg

Às 8h20, em todas as turmas, a primeira aula teve início com uma oração acerca do dia Mundial dos Pobres, tendo cada aluno recebido uma intenção individual que foi chamado a rezar ao longo do dia (por exemplo, por aqueles que se encontram desempregados ou por aqueles que não têm acesso a cuidados de saúde).

Às 9h50, alunos e educadores fizeram um minuto de silêncio pelos pobres e, pouco depois, durante do intervalo do almoço, um grande grupo juntou-se na igreja do Colégio para uma oração preparada pelo GRAPA e orientada pelo padre Carlos Carvalho, sj, que convidou à reflexão com estas palavras:

"Os pobres não são simplesmente aqueles a quem vamos ajudar por pena, para sermos bem vistos ou para ficarmos de consciência tranquila. Cristo está em cada um deles. E, como tal, ao contactarmos com os pobres estamos a contactar com Jesus.
O nosso papel para com os pobres é seguir Jesus, o seu exemplo de serviço. Ele chama-nos a transformar o amor que recebemos dele em ações muito concretas que são demonstração de amor e serviço. Desafia-nos a estender a mão aos pobres, aqueles por quem passamos todos os dias e se calhar nem reparamos, a encontrá-los, a olhá-los nos olhos, abraçá-los, fazer com que se sintam amados e romper com a sua solidão. Com isto somos convidados a quebrar preconceitos e ver Deus nestas pessoas."

Pobres3.JPG

Durante todo o dia, decorreu uma campanha a favor da Casa de Saúde do Telhal, para a aquisição de uma máquina de lavar loiça, através de mealheiros que foram colocados em todas as salas de aula. Esta campanha surgiu na sequência dos Dias de Reflexão do 12º ano, que decorreram nesta Casa de Saúde e que sensibilizaram os alunos do 12º ano e os seus professores responsáveis (Saber +).

Com estas atividades e iniciativas, os alunos e educadores do Colégio de S. João de Brito, que procuram durante todo o ano seguir o lema "Educar para Servir", uniram-se à Igreja Católica e a todas as pessoas de boa vontade que responderam ao apelo do Papa. Sem nunca esquecer que os atos de generosidade e serviço devem ser feitos todos os dias, alunos e educadores aproveitaram este dia especial para focar a sua atenção naqueles a quem, depois, mais nas obras do que nas palavras, deverão acolher e amar nas suas vidas.

© Colégio de São João de Brito
Propriedade da Província Portuguesa da Companhia de Jesus, Alvará nº 980.